Opinião

COMPARTILHE

Uma ideia que deu certo

12 Ago 2019, 10h58

Crédito: Divulgação

Em 18 meses, desde sua criação, a Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos desenvolveu 72 ações, entre eles doações, adoções e revitalizações de espaços públicos como praças, passarelas e canteiros centrais. No período, foi gerada uma economicidade de R$ 4 milhões para a Prefeitura de Manaus e há estimativa de alcançar até R$ 6,5 milhões em desoneração aos cofres do município até o final deste ano. A Secretaria foi criada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) para tentar unir o poder público com a iniciativa privada em projetos que beneficiam diretamente as comunidades. O ponto principal do trabalho dos funcionários é encontrar parceiros que revitalizem, mas que também possam dar manutenção aos espaços públicos. Não se trata de um acordo por um período político, por causa de um mandato, uma vez que todos os termos de adoção e convênios assinados têm cinco anos de duração, conforme explica a secretária Maria Josepha Chaves. Durante a semana ela expôs os resultados na Câmara Municipal de Manaus e recebeu aplausos até de vereadores da oposição.

PRORROGADO

A Suframa prorrogou nesta semana, por meio do 1º Termo Aditivo ao Edital de Seleção Nº 5/2019, o período de inscrições para que órgãos ou entidades públicas federais, estaduais ou municipais, bem como organizações da sociedade civil, apresentem propostas de apoio a atividades turísticas no Amazonas. Originalmente fixado no dia 8 de agosto, o prazo agora foi estendido até o dia 1º de outubro. 

EMENDAS

A Medida Provisória (MP) 889/2019, que estabelece novas regras para a movimentação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e do PIS/Pasep, foi alvo de sete emendas do deputado federal José Ricardo Weddling (PT). Segundo ele, o objetivo é “garantir e defender os direitos dos trabalhadores brasileiros, como também diminuir quaisquer possíveis perdas econômicas, tornando-o melhor para categoria”.

DESTAQUE

A frente dos principais projetos de empreendedorismo e inovação da Prefeitura de Manaus, a atual subsecretária operacional da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação, Larisse Carvalho, está concorrendo na categoria de votação popular da 3ª edição do Prêmio CEBDS de Liderança Feminina, idealizado pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável . A cerimônia de premiação será realizada no dia 13 de setembro, em São Paulo (SP), no seminário “O Papel das Empresas na Nova Economia”.

RESSOCIALIZAÇÃO

O índice de ressocialização dos adolescentes envolvidas em atos infracionais que passam pelas unidades socioeducativas em Manaus chega a 78%, contra 30% do sistema carcerário contabilizado pela Organização das Nações Unidas no Brasil. A afirmativa foi feita pela defensora pública Juliana Lopes, titular da Defensoria Pública Especializada na Execução de Medidas Socioeducativas da Infância e Juventude

CONTA ALTA

A Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria alerta os consumidores sobre a vigência da bandeira tarifária vermelha, patamar 1, no mês de agosto anunciada pela Agência Nacional de Energia Elétrica. Isso acontece quando há uma previsão de redução nos níveis dos principais reservatórios das hidrelétricas e, por consequência, a ativação das unidades termoelétricas, o que pode ter um impacto nas contas de energia.

ALERTA 

Segundo o secretário-interino da Semdec, Rodrigo Guedes, a cobrança extra de R$ 4 a cada 100 quilowatts-hora consumidos é bem superior ao cobrado pela bandeira tarifária amarela do mês de julho que foi de R$ 1,50 a cada 100 kWh. “O consumidor precisa ficar atento, porque se o consumo do mês anterior se mantiver, deve ocorrer um aumento automático e significativo da conta de energia”, alertou.

GASOLINA

Em nova pesquisa de preços de combustíveis, o Programa de Proteção e Orientação ao Consumidor visitou 57 postos que funcionam em Manaus e constatou que os valores praticados nos preços da gasolina comum variam entre R$ 4,09 e R$ 4,39, passando por diversos preços. Já a da versão aditivada, apresenta preços entre R$ 4,12 e R$ 4,69.

CEROL

Com a chegada do verão, aumenta o número de casos de acidentes com cerol utilizado em papagaios, de acordo com o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas. A Gerência de Fauna do órgão alerta para o risco do material, ou outra linha cortante, que costuma causar ferimentos e amputações em aves. De acordo com o gerente de Fauna do Ipaam, Marcelo Garcia, essas aves ficam presas nas linhas que caem nas árvores, funcionando como uma armadilha. Os ferimentos causados são, na maioria das vezes, tão graves que acarretam a morte do animal ou levam à amputação das asas e pernas.

FRASES

A cicatriz vai continuar”. Neymar, sobre o arquivamento da denúncia de estupro e agressão contra ele

Vamos recuar um passo para avançar vários”. Gerson Feitoza, presidente da Associação dos Praças da Polícia Militar, em áudio no qual anunciou o fim dos protestos

Veja Também