Opinião

COMPARTILHE

Um duro golpe nas facções

Por Redação

04 Nov 2019, 09h46

Crédito: DCS/PMAM

Os sucessivos desafios propostos pelas facções criminosas que atuam em Manaus receberam ontem uma dura resposta do aparelho estatal, após confronto ocorrido no bairro do Crespo, zona Sul, entre um grupo fortemente armado, que aterrorizava a população local, e cerca de 60 policiais militares rapidamente deslocados dos quartéis para a área. No final do intenso tiroteio, 17 criminosos estavam mortos e nenhum agente da lei ferido. O saldo foi ainda melhor porque não houve vítimas entre os moradores dos becos e vielas por onde estes traficantes se esgueiravam, munidos de armas de grosso calibre, como uma submetralhadora e uma espingarda de cano duplo. Uma ação como esta tem o condão de reforçar a confiança do cidadão no aparelho policial, mas também exige atenção redobrada das autoridades, porque a tendência dos criminosos é retaliar de alguma forma, normalmente atingindo pessoas indefesas. Fato é que nos últimos dias a guerra entre facções vinha espalhando medo e terror entre a população.

E CONTINUA...

A Polícia Militar do Amazonas continuou em operação nos bairros da zona sul de Manaus ao longo de todo o dia, em área onde equipes interceptaram na noite de anteontem um grupo de traficantes de uma organização criminosa que planejava homicídios na área para controlar bocas de fumo de traficantes rivais. Ocorreram novos confrontos. Mais criminosos foram feridos, mas nenhum morreu.

LONGEVA

Morreu ontem em Benjamin Constant, ao que consta dormindo em casa, dona Rosa Perdoni Barbosa, aos 119 anos de idade. Era provavelmente uma das mais longevas de todos os tempos no Brasil. Parteira, ajudou muitos naturais do município, localizado na fronteira com a Colômbia e o Peru, a vir à luz. Por isso, seu falecimento foi muito lamentado na cidade amazonense.

OUTUBRO ROSA

A campanha “Outubro Rosa” termina hoje no Amazonas, Na Assembleia Legislativa do Amazonas terminou ontem, com a realização do concerto “Violões Rosa” e as doações de perucas e lenços para as entidades que trabalham na assistência de pacientes em tratamento de câncer. A vice-presidente da Casa e presidente da Comissão da Mulher, da Família do Idoso, deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB), coordenou as atividades de encerramento.

COOPERAÇÃO

Um acordo de cooperação técnica permitirá à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação o acesso aos arquivos digitalizados e informatizados da Junta Comercial do Estado do Amazonas. O acordo, que inclui cláusula de sigilo, tornará mais ágil a tramitação dos processos internos da secretaria. 

NO JAPÃO

O destino Manaus foi apresentado na cidade de Osaka, no Japão, em um dos maiores eventos de comércio de viagens e turismo do mundo, a feira internacional “Tourism Expo Japan”, que aconteceu de 24 a 27 de outubro. A convite do Instituto Brasileiro de Turismo, a capital amazonense contou com um estande de promoção turística apresentando o projeto “Manaus: o Brasil que você só encontra aqui.

É OFICIAL

O Passo a Paço, um dos maiores festivais de artes integradas do Norte do país, agora integra o Calendário Oficial da Cidade de Manaus. De acordo com a Lei 2.526, de 23 de outubro de 2019, o evento promovido pela Prefeitura de Manaus deverá ser realizado anualmente na primeira quinzena do mês de setembro. A lei, de autoria da vereadora Professora Jaqueline, foi aprovada pela Câmara Municipal de Manaus, sancionada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto e publicada na edição 4.708, do Diário Oficial do Município.

AMAZÔNIA + 21

Aliás, as ações adotadas pelo prefeito Arthur Virgílio Neto em prol do desenvolvimento sustentável de Manaus e da região Amazônica foram destaque durante o lançamento do Fórum Amazônia + 21, realizado ontem, na sede da Confederação Nacional da Indústria, em Brasília. O evento seguiu as discussões iniciadas no 1º Fórum de Cidades Amazônicas, ocorrido em setembro, na capital do Amazonas, chamando a atenção de todo o país e do mundo para a importância da preservação e do investimento sustentável na região.

AFTOSA

A segunda etapa da campanha “Amazonas sem Febre Aftosa”, coordenada pela Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas, inicia amanhã, em 21 municípios do Amazonas. Apuí, Barcelos, Canutama, Carauari, Eirunepé, Envira, Humaitá, Ipixuna, Itamarati, Juruá, Lábrea, Manicoré, Novo Airão, Novo Aripuanã, Pauini, Presidente Figueiredo, Santa Isabel do Rio Negro, Guajará, Boca do Acre, São Gabriel da Cachoeira e Tapauá são os municípios envolvidos durante a campanha. A estimativa é imunizar 694.095 cabeças de gado. Em maio passado, durante a primeira fase desta etapa, foram vacinados 679.833 animais, o equivalente a 97% do rebanho envolvido.

FRASES

“A Polícia não mata, ela interfere tecnicamente.” Lourismar Bonates, secretário de Segurança do Amazonas, depois de operação que resultou na morte de 17 traficantes na zona Sul de Manaus

“Não vou descansar enquanto a população não se sentir segura." Wilson Lima (PSC), governador do Amazonas

Veja Também

Frente & Perfil

Um ganha-ganha interessante

04 Nov 2019, 09h53