Comércio

COMPARTILHE

Senac é presença marcante nos municípios do interior do AM

Atualmente, a instituição conta com unidades em Parintins, Manacapuru, Itacoatiara, Tefé e Coari

Por Fecomércio/AM

03 Set 2019, 10h23

Crédito: Divulgação

O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial no Amazonas (Senac AM) tem a missão de educar para o trabalho em atividades do comércio de bens, serviços e turismo e, ao longo dos anos, vem rompendo as barreiras físicas e levando transformação de vida para a população do interior do Estado. Atualmente, a instituição conta com unidades em Parintins, Manacapuru, Itacoatiara, Tefé e Coari e, ainda, com atendimentos da carreta de gastronomia em Rio Preto da Eva e da Balsa-Escola Senac em Caapiranga. 

Pertencente ao Sistema Fecomércio e mantido pelos empresários do setor de comércio de bens, serviços e turismo, o Senac é considerado a maior organização de Educação Profissional do país. É uma entidade nacional, autônoma, de direito privado, criado através do Decreto-Lei n. 8.621, em 10 de janeiro de 1946 e está presente nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal. 

Caapiranga 

No primeiro semestre deste ano, cerca de 500 alunos foram certificados em cursos de qualificação profissional ministrados na Balsa-Escola do Senac Amazonas que está aportada em Caapiranga, distante 135 km de Manaus. A balsa é a única unidade móvel do Senac no Brasil que, há quase duas décadas, leva educação profissional pelos rios do Amazonas. Mais de 18 mil pessoas já foram atendidas nesse período. 

A Balsa-Escola do Senac Amazonas atende a população de Caapiranga e dos municípios e comunidades próximas desde o mês de março. São ministrados cursos nas áreas de beleza, comércio, gastronomia, gestão, informática e saúde. A expectativa é de que só em setembro, cerca de 150 pessoas sejam qualificadas. 

Inaugurada no ano 2000, a Balsa-Escola carrega em sua bagagem experiências únicas vivenciadas em rios que banham as cidades de Parintins, Maués, Barreirinha, Nhamundá, Borda, Barcelos, Urucará, Anamã, Beruri e, agora, em Caapiranga. 

Cumprindo sua missão institucional, o Senac Amazonas investe recursos para que os alunos tenham a melhor experiência e na Balsa-Escola não é diferente. A unidade móvel conta com laboratórios modernos, computadores com acesso à internet, recursos audiovisuais e salas confortáveis.

Tefé

Em Tefé, cidades distante cerca de 520 km da capital amazonense, a Prefeitura Municipal inaugurou, em agosto deste ano, o Espaço do Empreendedor com a proposta de fomentar a expansão de negócios na região, ampliando e fortalecendo o potencial das cadeias produtivas. A ideia é estabelecer um ambiente favorável ao desenvolvimento de novos empreendedores. 

A iniciativa vem somar ao trabalho desenvolvido em parceria com o Senac Amazonas, o projeto “Tefé Empreendedora”, cujo propósito é qualificar profissionais para o mercado de trabalho. Os trabalhos são desenvolvidos em parceria com o Sebrae e a Prefeitura, por meio do programa “Parcerias Municipais-Qualifica Tefé", na qual são disponibilizadas vagas para cursos de geração de renda, oportunizando aos jovens a inserção no mercado de trabalho.

Os alunos do curso de Técnicas para Salgadeiras participaram da inauguração do espaço, com a demonstração dos conhecimentos adquiridos no decorrer do curso. Três alunos que tiveram mais destaque ao longo do curso, ganharam da Prefeitura carrinhos para venda de salgados, podendo trabalhar no espaço inaugurado.

O prefeito de Tefé, Normando Bessa de Sá, parabenizou os novos empreendedores formados pelo Senac AM e ressaltou a importância da parceria com a instituição para o mercado de trabalho daquela localidade. Conforme o gestor, a cidade conta um espaço digno com condições adequadas para que as pessoas desenvolvam suas atividades e conquistem o sustento de suas famílias por meio do ensino que o Senac vem proporcionando. 

Conforme a diretora regional do Senac AM, Silvana Carvalho, o projeto “Parcerias Municipais-Qualifica Tefé” complementa o projeto do Senac “Tefé Empreendedora”. No Senac os alunos são incentivados e mobilizados para criação de ideias inovadoras com foco nas necessidades da região e as instituições parceiras viabilizam o fomento ao empreendedorismo. Nesse sentido, os alunos têm a possiblidade de concretizar sonhos e projetos de vida através da Educação Profissional. 

Veja Também