Opinião

COMPARTILHE

Sarampo ainda preocupa

Por Redação

23 Fev 2019, 07h52

Crédito: Divulgação

Parecia que tinha acabado, mas não acabou. O Governo do Amazonas lança esta semana uma campanha publicitária  para chamar a população a se vacinar contra o sarampo. Embora esteja sem confirmar casos há 88 dias, o Estado tem onze notificações sob investigação, sete delas registradas em Manaus e quatro em Coari, por isso está intensificando, junto com os municípios, as ações de vigilância, controle e prevenção da doença . Somando-se o fato de que a taxa de cobertura vacinal no Estado ainda está abaixo da ideal, que é 95% do público-alvo, a possibilidade do vírus se manter em circulação aumenta. “A preocupação com o sarampo atinge todo Brasil e o Amazonas ainda é o estado mais vulnerável, haja vista que tivemos, em um intervalo de um ano, mais de 9,8 mil casos confirmados da doença”, afirma o vice-governador e secretário estadual de Saúde, Carlos Almeida (PRTB), que na semana passada tratou do assunto, em Brasília, com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e outros secretários estaduais. Segundo ele, a preocupação das autoridades de saúde brasileiras é que se o surto não for interrompido, de imediato, o Brasil e a América perdem o certificado de área livre de sarampo.

CRIME AMBIENTAL

Um Termo de Cooperação Técnica, que será assinado entre o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas e o Batalhão de Policiamento Ambiental da Polícia Militar, vai aumentar as ações de fiscalização e prevenção do Governo do Estado contra crimes ao meio ambiente. Com a ação, o Governo integra os serviços de inteligência, monitoramento e educação ambiental.

CERTIFICADO

O superintendente da Zona Franca de Manaus, Alfredo Menezes, recebeu o Certificado Negativo de Precatórios concedido pelo Tribunal Regional da 11ª Região. A certificação tem o objetivo de reconhecer entes públicos estaduais, municipais e da União, da administração pública direta e indireta dos Estados do Amazonas e Roraima, que não possuem precatórios vencidos até 31 de dezembro de 2018.

APITAÇO

Advogadas que integram a comissão OAB Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas, promoveram um apitaço no Terminal 3, no bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus, com objetivo de orientar e alertar homens e mulheres sobre a Importunação Sexual. O assunto é tema da campanha que a OAB-AM irá promover durante o período de Carnaval.

REFORMA

O Pavilhão Universal, clássico elemento arquitetônico histórico de 1912, instalado na Praça Tenreiro Aranha, tem licitação lançada pela Prefeitura de Manaus para contratação de empresa para o restauro da edificação, na modalidade menor preço e empreitada por valor global. A obra faz parte do projeto de revitalização do Centro Histórico que, conforme anunciado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, terá sua continuação com recursos próprios do município.

IMAGEM

Serviços de diagnóstico por imagem que realizam exames de mamografia na capital terão prazo para implementar seus Programas de Garantia da Qualidade. A Vigilância Sanitária deu início, esta semana, à fiscalização dos 35 serviços cadastrados com esta atividade para verificar os que têm PGQ e cobrar, dos que não têm, uma data limite para a criação e implementação do Programa.

CABO VERDE

A comitiva formada por técnicos do fisco estadual e de Cabo Verde, país africano, encerrou durante a semana um ciclo de apresentações e debates sobre os desafios e vantagens da implantação dos documentos fiscais eletrônicos, culminando com a visita à Superintendência da Zona Franca de Manaus, onde foram recebidos pelo novo gestor da autarquia, o coronel Alfredo Menezes.

PLANOS

O secretário estadual de Produção Rural, Petrucio Magalhães Júnior, participou da 2ª Reunião Ordinária de Diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, onde disse que pretende reformular a Lei da Agroecologia e Produção Orgânica, além de elaborar subsídios para ração, fortalecer o Programa de Aquisição de Alimentos, lançar o Programa de Sementes e a ampliar a produção de grãos no Estado.

POTENCIAL

Com a missão de fortalecer o turismo amazonense, a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas vem mapeando os municípios do Estado e traçando estratégias para serem implementadas ao longo da gestão. Nos meses de janeiro e fevereiro, o órgão recebeu gestores de 16 prefeituras do estado, de olho no potencial turístico de cada cidade.

FRASES

Quem tem que trabalhar e lavar roupa na cadeia é o detento”, Álvaro Campelo (PP), deputado estadual

É uma meta ambiciosa, de 300 inquéritos por mês serem encerrados e remetidos de volta à Justiça”, disse o Promotor de Justiça Vitor Fonseca, que responde pela 60ª Proceap’’,  Vítor Fonseca, promotor de Justiça, sobre o andamento de mais de 1.700 inquéritos parados na Delegacia Especializada de Crimes Contra a Mulher

Veja Também

Frente & Perfil

Gripe mata e assusta

26 Feb 2019, 08h54