Opinião

COMPARTILHE

Política segura a Suframa

Por Redação

12 Fev 2019, 09h33

Crédito: Divulgação

Nem Paulo Guedes, nem Jair Bolsonaro. O motivo pelo qual o coronel da reserva do Exército, Alfredo Menezes, ainda não foi oficialmente nomeado novo superintendente da Zona Franca de Manaus é a velha política. O governo federal decidiu segurar todas as nomeações para cargos federais regionais, depois que a base aliada ameaçou rebelar-se. Segundo fontes de Brasília, deputados e senadores até concordaram que os nomes do primeiro escalão fossem escolhidos por critérios técnicos, mas fazem questão se interferir nas escolhas para as autarquias regionais, entre as quais está a Suframa. Esta situação ficou ainda mais latente depois da eleição para as Mesas Diretoras da Câmara Federal e do Senado. O resultado reforçou o papel do ministro-chefe da Casa Civil, Ônix Lorenzoni, que agora domina praticamente toda a articulação política do Governo. Ele está condicionando a aprovação da reforma da Previdência e do pacote anticrime do ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro, à entrega dos cargos de terceiro escalão aos aliados. E estes estão com fome e sede.

O CARA

Em relação especificamente à Suframa, o nome mais cotado neste momento passou a ser o do ex-deputado federal Pauderney Avelino. Filiado ao DEM, ele é correligionário de Lorenzoni e dos presidentes da Câmara Federal e do Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre. E é amigo deles todos, além de circular com desenvoltura entre os principais membros da bancada federal do Estado.

APOIO

Pauderney tem o apoio do empresariado local, que também gostou da indicação de Menezes. O ex-deputado, entretanto, teria a preferência por causa da relação mais próxima com as entidades empresariais, ao lado das quais empreendeu várias lutas em defesa do modelo econômico que é o principal responsável pela saúde financeira do Estado.

AO VIVO

O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico trouxe ontem a Manaus o empresário israelense Avichai Cohen, fundador da LiveU, empresa pioneira da tecnologia de transmissão de vídeo ao vivo via internet, que fornece tecnologia (tráfego de dados para vídeo sobre IP ao vivo) para streaming de vídeo ao vivo para TV, celular, online e mídias sociais. Com mais de dois mil clientes em mais de 80 países, a tecnologia permite transmissão de vídeos ao vivo de alta qualidade e sem falhas, de qualquer lugar do mundo, através do uso de tecnologia de transporte de vídeo e bonding patenteada.

GOLPE VIRTUAL

Por falar em internet, a Polícia Civil do Amazonas prendeu ontem Marcos Aurélio Chagas Viana, 53. Ele foi denunciado por chantagear uma mulher de 43 anos, com quem vinha mantendo, pela Internet, um relacionamento amoroso há cerca de três meses. A vítima mora na cidade de Uruoca (CE).  O golpista teria exigido que a mulher desse dinheiro a ele para não divulgar fotos e vídeos íntimos dela. A vítima chegou a depositar R$ 2 mil e estava sendo chantageada para enviar mais ao criminoso.

BOECHAT

Tanto o governador Wilson Lima (PSC) quanto o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), usaram ontem as redes sociais para manifestar pesar pela morte do jornalista Ricardo Boechat, do Grupo Bandeirantes. Ele morreu na queda de um helicóptero em São Paulo. O fato consternou o país.

TRÉGUA

Médicos de empresas de especialidades que prestam serviços ao Governo do Estado convocaram a imprensa ontem para dizer que gostaram da proposta feita pelo vice-governador e secretário de Saúde, Carlos Almeida, para regularizar os pagamentos e normalizar o abastecimento das unidades de saúde. Eles revelaram que a autoridade informou sobre empréstimos que pretende contrair para pagar dívidas contraídas em gestões anteriores.

RECONHECIMENTO

O Ministério do Meio Ambiente e a ONU acabam de reconhecer o Projeto Transformar, executado pela Secretaria de Administração e Gestão, como boa prática de sustentabilidade, por meio do Programa Agenda Ambiental na Administração Pública. O projeto oferece qualificação técnica a presos do sistema carcerário do Estado no reaproveitamento e reforma de bens móveis públicos. Além de promover a reintegração social dos detentos, na medida que adquirem nova profissão, o Transformar reutiliza e prolonga o tempo de vida útil dos bens, reduz gasto público e o impacto no meio ambiente.

CONTROLE

Com oito casos suspeitos de sarampo ainda em investigação, a Prefeitura de Manaus apresentou ontem um plano para interrupção do surto da doença em Manaus, elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde. A apresentação aconteceu na sede da Fundação de Vigilância em Saúde, com a presença de representantes do Ministério da Saúde, dando continuidade ao Plano de Contingência para o Controle do Sarampo.

FRASES

Se eu conseguir ajudar algum ouvinte a prevenir a depressão ou a curá-la, já me dou por satisfeito”, Ricardo Boechat, em 2015, quando admitiu publicamente que sofreu de depressão

Não houve (no governo anterior) o planejamento adequado para saber se tinha dinheiro para comprar e também não se deflagrou os processos licitatórios dentro do período necessário”, Carlos Almeida (PRTB), vice-governador e secretário de Saúde, sobre a compra de medicamentos

Veja Também

Frente & Perfil

Melo, Henrique e Platiny inelegíveis

13 Feb 2019, 11h23