Polo Industrial de Manaus

COMPARTILHE

Otimismo industrial vem em duas rodas com investimentos

Essa dinâmica de crescimento no mercado também se confirmou em janeiro de 2019, quando mais de 84 mil motos foram produzidas, um crescimento de 3,4% em comparação ao mesmo período do ano passado

Por Andréia Leite

12 Mar 2019, 00h42

Crédito: Divulgação

Os bons ventos sopram para o setor de duas rodas num cenário de retomada pós-crise no consumo nacional. O ambiente positivo é catapultado por investimentos e ganha impulso adicional com a realização da 15ª edição do Salão Duas Rodas, que ocorrerá de 19 a 24 de novembro, em São Paulo.

O evento é um impulso que garante as vendas com os lançamentos dos modelos produzidos pelas empresas instaladas no PIM (Polo Industrial de Manaus). No ano passado, a produção local chegou a 1.036.846 motocicletas. O volume representa alta de 17,4% em relação ao total de 2017.

Essa dinâmica de crescimento no mercado também se confirmou em janeiro de 2019, quando mais de 84 mil motos foram produzidas, um crescimento de 3,4% em comparação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Abraciclo ( Associação Brasileira do Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares.

Em fevereiro, a Moto Honda da Amazônia anunciou um aporte de R$500 milhões nos próximos três anos, para renovação de equipamentos, construção de novos prédios, além de posicionamento de linhas produtivas e dos postos de trabalho.

Para a Moto Honda da Amazônia, a expectativa é positiva para o Salão Duas Rodas. É uma vitrine na qual surge a oportunidade de apresentar os principais lançamentos e, além disso, levar ao público tudo o que está por trás dos produtos em si. Outro ponto que torna o evento ainda mais especial é que ele desperta novos interessados para o universo das duas rodas e isso é crucial para o segmento. A empresa acredita que é essencial acompanhar as tendências de mercado. Estudar novos formatos, atrações e experiências para melhor atender às expectativas do público. E afirma que isso tem sido feito a cada nova edição do Salão de Duas Rodas.

A empresa destacou que na edição de 2017, por exemplo, a Honda ofereceu ao público simuladores de pilotagem; ampliação de pistas exclusivas para test ride, incluindo alta cilindrada, scooters e baixa cilindrada; atrações na área externa do pavilhão, como um passeio de balão a 25 metros do chão; demonstrações de freios CBS; e facilidades como a inspeção gratuita de 21 itens da motocicleta e troca de óleo para clientes da marca na Unidade Móvel do Serviço Expresso. Além da presença dos pilotos Honda Racing no da estande da empresa, com disponibilidade para autógrafos e fotos, o que aproxima ainda mais o público da marca e torna a experiência de visitar o Salão ainda mais rica. Para a edição deste ano a empresa está trabalhando para oferecer experiências diferenciadas ao público.

Na visão da Moto Honda, ainda está longe dos melhores momentos da indústria, mas em 2018 foi comemorado o primeiro ano de crescimento desde 2011. A empresa entende que o momento é de moderado otimismo com a retomada do setor.

Para Paulo Octávio Pereira, vice-presidente da Reed Exhibitions Alcantara Machado, responsável pelo evento, o Salão Duas Rodas é uma das mais importantes feiras do mundo dentro deste segmento. “Apostamos muito na qualidade e na melhoria da experiência aos parceiros e todo o público que prestigia as inúmeras novidades e atrações"

O presidente da Abraciclo, Marcos Fermanian, declarou que o  resultado é reflexo da retomada da confiança por parte do consumidor, da recuperação econômica e do aumento da oferta de crédito, além do número significativo de lançamentos de novos modelos pelas fabricantes de motocicletas.

A Reed Exhibitions Alcantara Machado também tem ótimas expectativas para o evento e prepara investimentos, em parceria com as marcas, para levar as melhores experiências ao público visitante. “Além de representar a força desse importante setor econômico, a 15ª edição do Salão Duas Rodas será realizada em um momento estratégico de retomada de mercado e certamente veremos grandes lançamentos, novidades e uma série de atrações, para que o evento continue sendo um dos maiores e melhores do mundo no segmento”, afirma Leandro Lara, diretor do Salão Duas Rodas.

Projeção

Para 2019, o setor projeta a produção de 1.080.000 unidades, o que significará uma alta de 4,2% sobre 2018. “Estamos confiantes no aumento dos negócios, mas é necessário aguardar os impactos das medidas que serão implementadas pelo novo governo”, diz Fermanian.

 

Veja Também

Economia

Duas rodas fecha 2018 no azul

13 Dec 2018, 00h00
Economia

Salão Duas Rodas acelera

10 Nov 2017, 00h00