Gestão

COMPARTILHE

Muitos motivos para a ação no ambiente corporativo

Por Karine Pantoja

04 Ago 2019, 19h13

Crédito: Pixabay

Fator de grande importância dentro das organizações, a motivação influencia diretamente na produtividade e nos resultados obtidos dentro do ambiente corporativo. É necessário compreender, porém, o quanto instituições ainda deixam a desejar ao referir-se ao conjunto de fatores que cada empresa deve oferecer aos seus funcionários, no objetivo de torná-los engajados e comprometidos com os bons rendimentos.

É o que relata a professora doutora Maria da Gloria Vitória Guimarães que em um artigo científico trouxe a discussão sobre os Aspectos Motivacionais e os seus reflexos no clima organizacional: Um Estudo De Caso Na Capitania Fluvial Da Amazônia Ocidental, tema de seu estudo. 

Para Maria Glória, a motivação no setor público vem sendo foco contínuo de estudos pois hoje se entende que servidores motivados geram maior produtividade nas instituições. 

“Existe um consenso quanto à necessidade de engajamento do indivíduo com a organização para que se tenha sucesso nessa relação. Em virtude disso, as organizações bem-sucedidas procuram desenvolver um ambiente onde o clima seja favorável ao trabalho, ou seja, os conflitos interpessoais devem ser minimizados. É necessário cada vez mais modernizar o método de gerenciamento dos fatores motivacionais. Assim o clima organizacional torna-se muito importante, pois as pessoas estão vivendo em grandes metrópoles e com o seu tempo tomado por diversas atividades, e com isso elas passam a desenvolver estresse, cansaço, fadiga, logo, mudanças no cenário econômico e social refletem diretamente no comportamento dos servidores, podendo comprometer o fator motivacional no trabalho, o desenvolvimento das atividades diárias gestão de uma organização pública, afetando assim o seu desempenho” disse. 

Baseado em seu trabalho, Vitória elaborou uma pesquisa onde elencou fatores que podem influenciar no clima organizacional, entre eles estão os fatores extrínsecos: Condições físicas de trabalho, Condições de lazer, Relacionamento com a chefia, Comunicação, Trabalho em equipe e relacionamento interpessoal, e intrínsecos: treinamento e desenvolvimento, valorização profissional, Imagem da organização, Responsabilidade individual, Autonomia de trabalho. 

Ao finalizar, a professora afirma que é necessário reconhecer as deficiências para diante disso analisar qual o melhor método a ser adotado dentro de uma organização para obter melhor rendimento. 

“Atualmente por exemplo é obrigatório que as empresas realizam um check-up anual em seus funcionários, porém não podemos deixar de citar a saúde mental como um dos fatores primordiais para o bom desenvolvimento dos colaboradores. Outro fator a ser citado é a remuneração,  uma proposta de estímulo seria estabelecer um plano de cargos e competências, bem como um plano de capacitação e desenvolvimento, de forma sistêmica, com diretrizes e metas anuais a serem alcançadas, definindo uma estratégia de melhoria profissional do quadro técnico-administrativo e estabelecendo uma agenda de atividades para o desenvolvimento e a capacitação dos servidores, promover atividades específicas relacionadas a assuntos técnicos de suas respectivas atividades”, afirma.

Para a coach Cintia Lima, a dificuldade para se perceber o senso de pertencimento e sistemas de reconhecimento, também podem ser citado como um agravante. É necessário que as pessoas se sintam importantes, criando conexões e relacionamentos além de formas de meritocracia, estimular avaliações de desempenho capazes de mostrar os bons resultados, a fim de valorizar e reconhecer ainda mais o colaborador”, conta. 

Conforme Lima, um ambiente motivador cria elo entre as pessoas tornando possível que todos contribuam para bons resultados a partir de suas demandas e responsabilidades.

“Além de criar elos o respeito às individualidades, para que todos façam parte de um time integrado, que busca uma comunicação transparente, cercado de desafios e possibilidades de aprendizado”, cita. 

Dicas para estabelecer um bom relacionamento no ambiente de trabalho. 

A administradora Reanne Lima descreve quais atividades efetivas podem ser elaboradas para promover a motivação no ambiente de trabalho. “É importante ressaltar o quanto um local saudável influencia na rotina dos funcionários, reconhecer servidor a partir de sua especificidade, pode acarretar muitos ganhos para a instituição”, garante. 

1. Metas 

É necessário que metas reais sejam estabelecidas, não adianta trabalhar com prazos curtos quando se requer tamanha dedicação, o funcionário precisa entender que ele está sendo tratado e exigido a partir da sua capacidade. 

2. Reconheça os resultados 

Ao conseguir um resultado positivo, reconheça, valide-o sempre que fizer um bom trabalho ou contribuir com alguma ideia. 

3. Diálogo

Conversar é sempre mais eficiente que a exaltar-se, a prática do respeito e cordialidade deve mantida dentro das relações de trabalho para que funcionário se sinta motivado para colaborar da melhor maneira possível. 

4. Reuniões 

Mesmo que nem sempre sejam para tratar de assuntos mais brandos, a reunião sempre traz a possibilidade de fazer com o que funcionário exponha ideias, opiniões e situações que possam contribuir diretamente para os ganhos da empresa, logo estimular a interação entre servidor e instituição trará ganhos importantes. 

5. Capacitação 

Promover treinamentos, cursos, tende a melhorar ainda mais o desempenho dos funcionários, instigá-los a se capacitar estimula o crescimento profissional, logo a empresa terá s resultados esperados. 

6. Estrutura 

Quando se tem uma instituição estruturada fisicamente, já podemos perceber a mudança no humor dos funcionários. Um espaço limpo, com móveis bem posicionados, banheiros limpos, e um som ambiente para causar um relaxamento nos funcionários, são alguns desses fatores. 

7. Benefícios

Muitas empresas estimulam os funcionários com gratificações, são oferecidas cestas básicas, ou até mesmo um valor em espécie recebido a partir dos resultados de metas estabelecidas. 

8. Liderança 

Outro fator de extrema importância está na escolha dos líderes da empresa, pois a liderança é fator decisivo para se manter um ambiente de trabalho motivado. O líder é aquele que terá um maior envolvimento com a vivência e o cotidiano dos funcionários, por isso é necessário que esta escolha seja assertiva, pois o trabalho que a liderança tem como os funcionários causará um bom ou mal resultado em suas atividades. 

 

Veja Também