Opinião

COMPARTILHE

Menezes banca a Zona Franca

Por Redação

27 Mar 2019, 00h51

Crédito: Diego Queiroz/Suframa

“Quero tranquilizar a nossa bancada federal, a Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, o Centro da Indústria do Amazonas, a população e demais agentes econômicos envolvidos no nosso Polo Industrial. Nenhuma medida que prejudique o nosso modelo econômico será adotada pelo governo federal”. A afirmação do superintendente da Zona Franca de Manaus, Alfredo Menezes Junior, é o resultado das reuniões desta semana em Brasília. Depois de participar de audiência pública no Senado, ele cumpriu extensa agenda para tratar de medidas que visam destravar, desburocratizar e acelerar a aprovação dos Processos Produtivos Básicos. “Neste processo, a Suframa é o principal interlocutor com o Ministério da Economia e, especialmente, com a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade. Nenhuma decisão relativa aos PPBs será tomada sem o nosso conhecimento. Estamos identificando os gargalos existentes e elaborando uma proposta simplificada de análises dos PPBs, para, então, apresentá-la ao Secretário da Sepec, Carlos Alexandre Da Costa”.

MOMENTO TENSO

Na reunião da bancada federal com o ministro da Economia, Paulo Guedes, no final da tarde de segunda-feira (25), houve um momento tenso. Foi quando a autoridade federal referiu-se ao Polo de Concentrados da Zona Franca como “aquele xaropezinho”. Alguns parlamentares reagiram, lembrando que ali são gerados mais de três mil empregos. Os amazonenses querem que o decreto do ex-presidente Michel Temer (MDB), que retirou incentivos do setor, seja alterado.

SEM BARGANHA

O senador Omar Aziz (PSD), coordenador da bancada, e todos os demais parlamentares negaram que o ministro tenha condicionado o atendimento às reivindicações relacionadas à Zona Franca ao apoio deles à reforma da Previdência. Mas ele, de fato, entrou no assunto e pediu explicitamente que os parlamentares ajudem a aprovar a proposta enviada pelo Governo Federal ao Congresso.

NAGEGAÇÃO

A navegação no Estado do Amazonas deu mais um passo hoje, 26, no sentido de regularização do setor. O deputado Adjuto Afonso (PDT) deu entrada em um Projeto de Resolução que insere na Frente Parlamentar de Aeroportos, Portos e Hidrovias, a finalidade também de acompanhar a regulamentação da navegação, bem como discutir, analisar e acompanhar a regulação do transporte hidroviário intermunicipal de passageiros, de cargas e de abastecimento. 

MAIS RECURSOS

O governador Wilson Lima defendeu, nesta terça-feira (26/3), em Brasília (DF), durante reunião extraordinária do Fórum de Governadores, o descontingenciamento de fundos que tratam de segurança pública e que estão parados no Ministério da Justiça. Na reunião, que contou com a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, o governador do Amazonas destacou que, em relação à Reforma da Previdência, esse é o momento de esgotar todas as discussões para evitar prejuízos futuros.  

TECNOLOGIA

O agente de fomento da Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam), Henrique Nogueira de Melo, técnico responsável pelo Aplicativo da Agência, foi convidado pela empresa Brasoftware para ser um dos representantes do evento “Microsoft Executive Briefing Center”, realizado pela Microsoft em Fort Lauderdalle, na Flórida, nos Estados Unidos. Como um dos representantes do Amazonas, ele participa até quarta-feira, dia 27, de uma programação voltada para a área de tecnologia aliada às políticas públicas.

QUELÔNIOS

Aproximadamente 12,5 mil quelônios foram soltos, no último fim de semana, na Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uatumã e na Reserva Extrativista do Rio Gregório, Unidades de Conservação gerenciadas pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente. A ação garante a conservação das espécies Tracajá, Tartaruga e Irapuca.

GANHO

A Secretaria de Estado de Saúde assinou contrato com o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano para administrar o Complexo da Zona Norte, que compreende o Hospital Delphina Aziz e a UPA Campos Sales. Com isso, o INDSH passa a responder pelas duas unidades de saúde, cabendo à Susam fiscalizar os serviços prestados. Um ganho acontece de imediato: redução do custo das duas unidades para o Estado, de cerca de R$ 11 milhões por mês para R$ 8,4 milhões mensais. 

DIGITALIZAÇÃO

O curso oferecido pela Junta Comercial do Estado do Amazonas, em parceria com o Sebrae-AM, capacitou mais de cem usuários, entre empreendedores, contadores e advogados nos procedimentos digitais da instituição. A partir do próximo dia 15, a autarquia receberá somente processos 100% digitalizados. 

FRASES

Entendo que o Amazonas participa muito pouco (do Mercosul). Poderia participar mais”. Adjuto Afonso (PDT), deputado estadual, em cessão de tempo na Assembleia Legislativa no dia dedicado ao colegiado

Ele disse que não vai mexer (com os incentivos da Zona Franca de Manaus)". Omar Aziz (PSD), senador, sobre reunião da bancada com o ministro da Economia, Paulo Guedes

Veja Também

Follow-Up

Coronel Menezes na TV Cultura 

04 Apr 2019, 09h56
Frente & Perfil

Zona Franca pra Chinês ver

26 Mar 2019, 12h28