Fisco

COMPARTILHE

JC lança concurso de tirinhas de educação fiscal

'Educação Fiscal em Tirinhas' deve se basear na importância social dos tributos

Por Evaldo Ferreira @evaldo.am @JCommercio

07 Ago 2019, 19h54

Crédito: Evaldo Ferreira

Está aberto oficialmente a partir de hoje o concurso ‘Educação Fiscal em Tirinhas’. Tirinhas, para quem não sabe, são aqueles desenhos, geralmente publicados em jornais, em um, dois ou três quadrinhos, em cujo conteúdo predominam a crítica, com humor, a modos de comportamento, valores e sentimentos, destacando-se, portanto, nessa composição, códigos verbais e não-verbais.

No caso específico do concurso ‘Educação Fiscal em Tirinhas’, o conteúdo dos desenhos deve mostrar a importância social dos tributos e a transparência de sua utilização na gestão pública.

“As pessoas reclamam que pagam impostos, mas não recebem de volta serviços públicos à altura, mas você já imaginou se não existissem os hospitais públicos, os serviços de saúde, as delegacias de polícia, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros, as escolas públicas. Tudo isso é pago com o dinheiro dos impostos que, bem ou mal, nos servem e, se faltassem, seria o caos”, destacou Augusto Bernardo, auditor fiscal e coordenador do Gefe/AM (Grupo de Educação Fiscal do Estado do Amazonas).

O Gefe/AM reúne a Receita Federal, a Sefaz (Secretaria da Fazenda) e a Semef (Secretaria Municipal de Finanças) e atua junto à Seduc (Secretaria de Educação do Estado) e Semed (Secretaria Municipal de Educação) buscando formar e conscientizar professores, alunos e servidores, em relação à importância dos tributos, notas fiscais e da própria qualidade de vida.  

“Para facilitar ainda mais esta conscientização o Gefe/AM e a Alfândega do Porto de Manaus (Receita Federal do Brasil) em parceria com o Sindireceita (Sindicato Nacional do Analistas Tributários da Receita Federal do Brasil) e o Jornal do Commercio, lançam hoje o concurso ‘Educação Fiscal em Tirinhas’, aqui no JC”, completou.

Edu e suas explicações

O idealizador do concurso foi Moisés Hoyos, analista tributário da Receita Federal e representante do Sindireceita e agora, nas horas vagas, chargista.

“Sempre gostei de desenhar, mas nunca me imaginei chargista. Só recentemente percebi que se usasse a minha habilidade no desenho, conseguiria explicar as questões fiscais com mais facilidade, e muito mais pessoas entenderiam a mensagem. Ao invés de um texto, a mensagem rápida, em poucas palavras, ditas por personagens desenhados”, explicou.

Foi assim que, no início deste ano, exatamente quando o Gefe/AM estreou uma coluna no Jornal do Commercio, aos sábados, também estrearam as tirinhas do personagem Edu, um garoto com cabelos arrepiados à base de gel. Junto com seus amigos, Edu sempre dá uma explicação aqui, outra ali, sobre educação fiscal e cidadania, da forma mais simples possível, relacionando-a com fatos corriqueiros do nosso dia a dia.

Numa delas, Edu está vendo televisão e grita para o pai: Pai, vamos torcer pelo Brasil; ao que o pai pergunta: Vai começar o jogo da Seleção? E Edu responde: Não. Vão começar as votações no Congresso sobre saúde, educação, segurança.  

“No Brasil as pessoas ainda consideram os tributos uma coisa ruim, exatamente porque acreditam, e em muitos casos é verdade, que não têm de volta os serviços públicos que deveriam ter, porém, essas pessoas precisam aprender a cobrar por esses serviços, sabendo escolher melhor seus representantes políticos, por isso as tirinhas do Edu tem um viés forte para os jovens, que estão naquela fase de mudança para o desenvolvimento do senso crítico”, falou Marcelo Calbo, auditor fiscal da Sefaz, representante da Alfândega.

Sobre o concurso     

O tema do concurso é Educação Fiscal, mas podem ser abordados temas relativos à promoção da Cidadania e da Ética. Atenção: tirinhas sobre política não serão aceitas. Qualquer pessoa residente no Brasil pode participar inscrevendo uma tirinha, com três ou quatro quadros, narrando um fato ou estimulando o senso crítico relacionado a um tema específico.

A inscrição dos interessados se dará mediante o envio da tirinha, em formato JPEG, para o e-mail concursodetirinhas@protonmail.com ou na entrega do trabalho diretamente na sala 108 da Sefaz, av. André Araújo, 150 - Aleixo, Manaus/AM, em envelope identificado com nome completo e contato telefônico do autor do trabalho. O período para entrega das tirinhas é de 05 de agosto a 08 de outubro de 2019.

Os três primeiros lugares no concurso terão suas tirinhas publicadas no Jornal do Commercio, no site da Receita Federal do Brasil, nas mídias sociais do Sindireceita e em outros meios de comunicação e de mídia. E o melhor: receberão premiações em dinheiro: 1º lugar: R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais), 2º lugar: R$ 1.000,00 (mil reais) e 3º lugar: R$ 500,00 (quinhentos reais), já descontado o Imposto de Renda.

Os interessados devem acessar o site do concurso para conhecer o regulamento e obter mais informações, além de acompanhar as inscrições, tirar dúvidas e tratar de qualquer assunto relativo ao evento: https://mmocanus.wixsite.com/concursotirinhas

Veja Também

Em Dia

Meditação e yoga em solo manauara

07 Aug 2019, 19h48