Tecnologia

COMPARTILHE

Itaú anuncia a Iti, plataforma digital de pagamentos

Chamada de Iti, plataforma do Itaú dispensa conta e usa tecnologias como o QR Code

13 Mai 2019, 18h25

Crédito: Divulgação

O Itaú Unibanco anunciou, nesta segunda-feira, o lançamento de uma plataforma digital de pagamentos que dispensa a necessidade de uma conta bancária e usa tecnologias como QR Code. Chamado de Iti, o programa estará disponível a partir do 3º trimestre de 2019 e busca ser uma alternativa descomplicada para pagamentos. "É uma plataforma digital que transforma o conceito de prestação e oferta de serviços financeiros", diz Márcio Schettini, diretor geral de varejo do Itaú Unibanco.

A ideia é que a solução tenha apelo para pessoas físicas e para negócios. Para pessoas físicas, o serviço funciona como uma carteira digital. Clientes do Itaú ou de outros bancos podem criar uma conta por meio do próprio aplicativo. Com o objetivo de atrair público jovem, o app permite abrir uma conta de pagamentos enviando somente uma selfie.

Com sua carteira virtual Iti aberta, o usuário pode transferir dinheiro de outras contas, emitir um boleto ou cadastrar um cartão de crédito de qualquer banco. Será possível efetuar pagamentos a outros usuários e em lojas cadastradas. As transferências são feitas em tempo real, sem limitação de horário.

Para isso, pontos de venda terão impressos QR Code, aquele tipo de código de barras em formato quadrado, para leitura por meio da câmera do celular. A solução faz sucesso, por exemplo, no mercado chinês, por meio do WeChat. A startup colombiana Rappi também tem arriscado uma solução de pagamento digital similar em estabelecimentos físicos no Brasil, assim como o iFood. Além do QR Code, negócios poderão fazer cobranças utilizando o celular do lojista ou por meio das máquinas de cartão da Rede, do próprio Itaú.

Para transações de dinheiro entre os usuários do Iti, não haverá cobrança de taxas. Para os lojistas, a solução pode ser sedutora também. A taxa para receber o pagamento realizado pelo Iti será de 1% com rebebimento em tempo real. Para comparação, a média de taxa cobrada pela Rede é de 3,49% para pagamentos em cartão de crédito com recebimento em 2 dias, e de 1,99% para pagamentos em débito.

Segundo Lívia Chanes, diretora do Iti, até o final do ano não haverá taxa para saque. "Estamos desenhando uma experiência de saque sem a necessidade do cartão, inicialmente em terminais do Banco 24 Horas e eventualmente em caixas eletrônicos do Itaú", afirma.

O Itaú avalia lançar novos serviços financeiros pela plataforma Iti, como cartão de crédito e seguros. "Um cartão de débito ou pré-pago é o mais próximo no road map, para que clientes que não queiram ter conta em banco precisem se ater à plataforma", diz Lívia.

Veja Também

Negócios

Facebook como plataforma de negócios

03 Feb 2018, 00h00
Economia

Nova plataforma de cobrança bancária

05 Apr 2017, 00h00
Economia

Plataforma online trará mudanças

24 Nov 2017, 00h00
Economia

Plataformas agilizam busca por emprego

05 Nov 2016, 00h00