Comunicação

COMPARTILHE

Guilherme Aluízio é homenageado pelo governador Wilson Lima

Por Evaldo Ferreira

02 Set 2019, 16h39

Crédito: Evaldo Ferreira

O empresário e jornalista Guilherme Aluízio de Oliveira Silva, presidente de honra do Jornal do Commercio,  foi homenageado como Personalidade Estadual pelo governador Wilson Lima, na abertura da Semana da Pátria e do Amazonas, durante evento no calçadão da Ponta na manhã de segunda-feira. 

Na ocasião foram homenageadas quatro personalidades ilustres do Estado com a entrega de placas pelo governador: o jornalista, dramaturgo, editor, roteirista e romancista Márcio Gonçalves Bentes de Souza (Personalidade Nacional); a educadora Cecília Maria Rodrigues de Souza (Personalidade Mulher Amazonense); e in memorian, a também educadora Maria Carneiro de Souza (Personalidade Mulher Amazonense); e o empresário e jornalista Guilherme Aluízio de Oliveira Silva (Personalidade Estadual), presidente de honra do Jornal do Commercio.

Ao receber sua placa, Márcio Souza lembrou que seu pai trabalhou no Jornal do Commercio e que ele, em tempos de fake news, considera o JC o melhor jornal de Manaus pela veracidade das matérias que publica.

Já Selma Bomfim, viúva de Guilherme Aluízio, falou que o marido amava muito a Amazônia pela qual muito trabalhou. “Ele era um entusiasta pela região, embora nem sempre reconhecido por isso”, disse.

Guilherme Aluízio se tornou um dos grandes nomes do jornalismo amazonense, e brasileiro, ao adquirir o Jornal do Commercio, em 1984, e mantê-lo sempre com linha editorial em defesa do Amazonas, também reconhecido pelas matérias e artigos em consonância com a verdade em 115 anos de existência. Ao falecer, em junho passado, Guilherme Aluízio deixou o jornal como um legado para o povo amazonense. 

No seu discurso, Luis Fabian lembrou que o tema da Semana da Pátria e do Amazonas, ‘Amazônia: soberania, fraternidade e paz’, tem tudo a ver com o atual momento vivido pelo país e pela região, cujos olhos repreensivos do mundo a observaram de uma só vez, mas que a Amazônia é soberana e quer apenas viver fraternalmente e em paz e alertou aos educadores para mostrarem aos 470 mil alunos da rede estadual de ensino que eles são amazônidas e estão sendo preparados para que tanto eles quanto a região tenham um futuro melhor.

Wilson Lima também destacou que o Brasil vive um momento importante de sua independência, “independência que ninguém vai nos tirar”, enfatizou. O governador também fez referência ao jornalista Guilherme Aluízio a quem chamou de defensor da Amazônia e da Zona Franca de Manaus. 

“Vivemos no maior Estado do mundo, e que sabe cuidar muito bem de sua floresta, e deve ser reconhecido como o Estado que melhor sabe cuidar de seu povo. Se a floresta está de pé é porque o povo que mora nela a está protegendo”, destacou o governador Wilson Lima.

“Quando sairmos do governo, vamos entregar um Estado melhor”, concluiu ao som do Hino do Amazonas executado pela banda da PM.

A solenidade reuniu autoridades civis e militares do Estado, sob o tema ‘Amazônia: soberania, fraternidade e paz’. O evento teve início às 7h30 com a benção do Fogo Simbólico da Pátria, na paróquia militar N. Sra. do Sameiro. Em seguida, às 8h15, foi dada a largada da corrida do Fogo Simbólico rumo à praia, nas proximidades da pista de skate. A tocha foi carregada pela adolescente Rafaela Soares Fernandes, aluna do CMPM VIII (Escola Estadual Coronel Pedro Câmara), campeã de natação dos Jeas (Jogos Estudantis do Amazonas). Em novembro, Rafaela irá competir pelo Amazonas, em Blumenau/SC, nos Jogos Escolares da Juventude.

Às 9h o governador Wilson Lima, acompanhado do general de brigada Algacir Antônio Polsin, chefe do Centro de Coordenação de Operações do CMA; do contra-almirante Paulo César Colmenero Lopes, comandante do 9º Distrito Naval; do brigadeiro do ar Maurício Carvalho Sampaio, comandante da Ala 8; e do coronel QOPM Ayrton Ferreira do Norte, comandante da PM, procederam a revista das tropas das três Forças Armadas.

Em seguida, ao som do Hino Nacional tocado pela banda da PM, foram hasteadas a bandeira do Brasil pelo governador Wilson Lima; do Amazonas pelo contra-almirante Paulo César, e a de Manaus pelo secretário de Educação, em exercício, Luis Fabian. Ato contínuo, Wilson Lima recebeu a tocha das mãos de Rafaela e acendeu a pira com o Fogo Simbólico da Pátria, ao som do tema da vitória de Ayrton Senna.

Também animou a solenidade a fanfarra da Escola Estadual Benjamin Magalhães.

“Quando sairmos do governo, vamos entregar um Estado melhor”, concluiu ao som do Hino do Amazonas executado pela banda da PM.

Programação da Semana da Pátria e do Amazonas

Dia 5, quinta-feira

7h – Homenagem póstuma a João Baptista de Figueiredo Tenreiro Aranha, primeiro presidente da província do Amazonas (1852)

Local: Praça 5 de Setembro (popular praça da Saudade)

Participação: Fanfarra da Escola Estadual Frei Silvio Vagheggi

10h – Cumprimento do corpo consular do Amazonas ao governador do Estado

Local: Centro Cultural Palácio Rio Negro

10h – Desfile naval

Local: Praia da Ponta Negra

17h – Desfile das escolas das redes estadual e municipal de ensino

Local: Centro de convenções – sambódromo

Dia 7, sábado

7h30 – Revista às tropas do CMA (Comando Militar da Amazônia)

Local: Centro de convenções – sambódromo

8h – Cerimônia de recepção do governador e início do desfile das tropas do CMA                   

Local: Centro de convenções – sambódromo

10h – Abafamento do Fogo Simbólico

Local: Centro de convenções – sambódromo

Veja Também

Educação Fiscal

Prêmio busca reportagens sobre educação fiscal

01 Sep 2019, 21h05