Educação Fiscal

COMPARTILHE

Festa merecida para os 50 anos da Affeam

A Associação dos Funcionários Fiscais do Estado do Amazonas está comemorando 50 anos de lutas

Por Augusto Bernardo

25 Set 2019, 09h14

Crédito: Divulgação

Presidida pelo auditor fiscal Liberman Moreno, ex-deputado estadual por quatro mandatos, a Associação dos Funcionários Fiscais do Estado do Amazonas está comemorando 50 anos de lutas e conquistas, numa trajetória que se confunde com as histórias de cada um dos que sacrificaram até a vida pessoal para investir na construção de um patrimônio material e social importante.

Filiada à Febrafite, a Affeam foi criada em 29 de setembro de 1969 e espelha hoje o resultado do esforço das suas diretorias e associados. Cada tijolo, cada espaço construído, tem a marca do trabalho de quem por lá passou.

Tanto empenho teve seus frutos: hoje é uma das associações mais fortes do Brasil, com credibilidade e representatividade para participar, nas esferas do governo, das discussões sobre temas que afetam a atividade de fiscalização e arrecadação tributária.

CONAFISCO 2019

O XVIII CONAFISCO - Congresso Nacional do Fisco Estadual e Distrital está sendo realizado pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital - Fenafisco, em parceria com o Sindicato do Grupo Ocupacional Administração Tributária do Estado de Pernambuco-Sindifisco/PE, no período de 24 a 28 de setembro de 2019, na cidade de Ipojuca/PE.

Comandada pelo auditor fiscal Roberto da Silva Geraldo, presidente do Sindifisco-AM, a delegação do Amazonas participará de todas as atividades do evento, cujo tema central é “Tributação e Previdência Solidárias – Por um Brasil mais justo”.

SEJA UM ESCOTEIRO

Conheça o Grupo Escoteiro Bom Bosco, com reuniões todos os sábados das 9 às 11h30. Crianças e Jovens de 6,5 a 21 anos participam de acampamentos, jogos, atividades ao ar livre, com autonomia, responsabilidade e trabalho em equipe. Adultos participam como voluntários.

Endereço: Av. Epaminondas, 55 - Centro. 

Contato: Chefe Fabio Costa 98207-1066

MEDIDA PROTETIVA É “ARMA DE DEFESA” DAS MULHERES

Na luta diária em defesa das mulheres vítimas de violência, seja física, moral, psicológica ou sexual, os órgãos de Segurança Pública e o Judiciário oferecem numerosas formas de prevenir e  proteger de novos casos de agressão. Para a Delegacia Especializada em Crimes Contra Mulher (DECCM), as medidas protetivas têm se mostrado uma das mais eficientes.

As medidas protetivas de urgência são decisões judiciais solicitadas por qualquer delegacia de polícia e deferidas por um magistrado em assistência às vítimas de violência. Por meio deste mecanismo, as mulheres conseguem manter o agressor distante, solicitar pensão alimentícia e proibir que o suspeito entre em contato, seja por meio de familiares ou se utilizando de redes sociais.

Contato: 3652-2000

PRÊMIO NACIONAL

No dia 10 de outubro encerram as inscrições para as categorias Imprensa e Tecnologias do Prêmio Nacional de Educação Fiscal. O objetivo é selecionar reportagens, jogos, aplicativos e programas voltados para a Educação Fiscal.

Maiores informações no portal www.premioeducacaofiscal.org.br

PRÊMIO NACIONAL 2

Escola Estadual Osmar Pedrosa, dirigida pelo Gestora Raimunda Ilda Moraes de Lima, concorre ao Prêmio Nacional de Educação Fiscal 2019 com o Projeto "Eliminação dos criadouros dos Aedes aegypti da dengue: O que tem a ver com a Educação Fiscal?", sob a coordenação do professora Jeane Xavier de Lima.

CONCURSO DE TIRINHAS

O tema é Educação Fiscal, podendo também ser abordados temas relativos à promoção da Cidadania e da Ética. Qualquer pessoa residente no Brasil pode participar com a inscrição de uma “Tirinha”, que é uma mini história com 3 ou 4 quadros no máximo para narrar um fato ou estimular o senso crítico relacionado a um tema específico.

Os interessados devem acessar o site do concurso para conhecer o regulamento e obter mais informações, além de acompanhar as inscrições, tirar dúvidas e tratar de qualquer assunto relativo ao evento:  www.concursodetirinhas.com

O Projeto envolve 600 alunos, professores e colaboradores da Escola, desenvolvendo atividades, como: descarte do lixo, rodas de conversas (aprendendo ser cidadão e Nota Fiscal) e ações das brigadas no combate ao mosquito Aedes Aegypti.

 

Veja Também