Opinião

COMPARTILHE

Ex-secretários encrencados

Por Redação

01 Ago 2019, 10h01

Crédito: Divulgação

O pleno do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas reprovou ontem, durante a 24ª sessão ordinária 2019, duas prestações de contas Secretaria de Estado de Infraestrutura, de responsabilidades dos ex-secretários Marco Aurélio Mendonça (exercício de 2007) e de Waldívia Ferreira Alencar (ano de 2012). Os dois foram condenados a devolver aos cofres públicos, respectivamente, o montante de 13,7 milhões e 7,3 milhões, valores referentes às somas de multas e alcances. A maioria das irregularidades apontada nas contas de Marco Aurélio Mendonça foram detectadas em laudos feitos pelos engenheiros da Diretoria de Controle Externo de Obras Públicas do TCE. Em seu voto, o relator determinou que o valor deve ser recolhido aos cofres públicos, divididos solidariamente com empresas que prestaram serviços ao município de Manausa Econcel Empresa de Construção Civil e Elétrica Ltda; WP Construções Comércio e Terraplenagem Ltda e a Construtora Soma Ltda. Quanto à ex-secretária, foi constatada ausência da composição analítica do percentual de 25% de BDI, utilizado nas composições de preços unitários que serviram de base para elaboração do orçamento estimado da administração e ainda a não aplicação de multas e penalidades por retardamento de obras.

“EMINÊNCIA PARDA”

Já a Polícia Federal prendeu ontem o empresário José Lopes, em sua fazenda de Boca do Acre. Desta vez, ele e parceiros também presos são acusados de desviar dinheiro da alimentação de hospitais e receber R$ 1 milhão de mesada do médico Mouhamed Mustafa, principal líder da organização criminosa descoberta pela Operação “Maus Caminhos”. O novo desdobramento recebeu o nome de “Eminência Parda”, uma referência ao papel que Lopes teria nos últimos governos estaduais.

MALÁRIA

A malária continua sendo uma doença que atinge a população no  Brasil e no mundo, e o diagnóstico rápido e preciso desta doença é de fundamental importância para o correto tratamento dos pacientes. Pensando em buscar novas metodologias para solucionar este problema, o pesquisador doutor em Biotecnologia, Luis André Mariúba, do Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) vem desenvolvendo juntamente com seu grupo e colaboradores, anticorpos e imunoensaios  específicos para diagnósticos de malária.

CARTILHA

A Corregedoria do Tribunal de Contas do Amazonas elaborou uma cartilha para divulgar a Resolução nº 01 de 19 de fevereiro de 2019 que instituiu o Código de Ética do órgão. A iniciativa é do corregedor-geral, conselheiro Julio Cabral, e foi aprovada pelo Tribunal Pleno no início deste mês.

FÍSICA PARA ÍNDIOS

A comunidade indígena Tikuna de Ütapü, no município de São Paulo de Olivença (a 985 quilômetros de Manaus), recebeu no último sábado (27), os alunos do curso de Ciências Biológicas do Programa de Formação de Professores da Educação Básica da Universidade do Estado do Amazonas, com o objetivo de mostrar como a Física está presente no dia a dia e de levar os conhecimentos adquiridos na disciplina Física Básica para dentro da comunidade. A ação fez parte da I Mostra de Experiências de Física Básica.

REMÉDIOS ESPECIAIS

A Central de Medicamentos do Amazonas ampliou, de R$ 358 mil para R$ 412,8 mil, o valor do repasse feito pelo Ministério da Saúde ao Amazonas para a compra de medicamentos especializados e de alto custo (Componente Especializado da Assistência Farmacêutica – Ceaf).  De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, o aumento se deve ao aperfeiçoamento no processo de informação de produção.

FATURANDO

Fomentando mais uma vez a geração de renda para artesãos amazonenses em exposição de artesanato, a Secretaria de Estado do Trabalho viabilizou a participação de artesãos, do dia 25 a 28 de julho, no 20º Festival de Inverno de Bonito (MS), um dos maiores do país. O evento proporcionou aos artesãos cerca de R$ 45.517 de faturamento.

BOA NOTÍCIA

O Amazonas registrou queda no número de mortes no trânsito no primeiro semestre de 2019. No período, foram registradas 138 mortes em todo o Estado. É o menor índice do primeiro semestre em seis anos. Em 2012 foram registradas 93 vítimas fatais. A redução também é menor em comparação ao primeiro semestre de 2018, quando foram registradas 148 mortes, uma queda de 6,7%. Os dados são da Secretaria de Inteligência da Segurança Pública do Amazonas.

TERROR

Os fãs das produções de terror terão uma programação variada e totalmente gratuita, de 5 (segunda-feira) a 10 (sábado) de agosto, a partir das 13h, no Teatro Gebes Medeiros (avenida Eduardo Ribeiro, nº 937, Centro, zona sul). Realizada pela Secretaria de Estado de Cultura, a Mostra Manaus Filme Horror Fantástico terá seis workshops, exibição de seis longas e 41 curtas-metragens do gênero.

FRASES

A empresa é reincidente e, com base nas reclamações registradas na comissão, fica comprovada a má qualidade dos serviços prestados na capital e também no interior do Estado.” João Luiz (PRB), deputado estadual, revelando que a Amazonas Energia é a campeã de reclamações na Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia Legislativa, que ele preside

Petista é uma cartomante com Alzheimer. Sabe tudo sobre os próximos quatro anos, mas não lembra o que aconteceu nos últimos 16”. Paulo Guedes, ministro da Economia

Veja Também