Agronegócios

COMPARTILHE

Em três meses, Amazonas produziu 154 milhões de ovos

Por Redação

22 Mai 2019, 15h50

Crédito: Claudio Heitor/Secom

No primeiro trimestre do ano, foram produzidas 429.536 mil caixas de ovos, com 360 unidades cada e com o Selo de Inspeção Estadual (SIE), de acordo com dados da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), autarquia vinculada à Secretaria Estadual de Produção Rural (Sepror).

Dados do Senso Agropecuário de 2016/2017 mostram que, em dez anos, a produção de avicultura no Amazonas cresceu 137%. Em 2018, foram produzidos no estado 1,462 milhão de caixas de ovos, totalizando 526 milhões de unidades produzidas por 327 criadores na avicultura de postura.

Os principais municípios na produção de ovos são Manaus, Rio Preto da Eva, Iranduba, Manacapuru e Itacoatiara, de acordo com dados do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário Florestal Sustentável do Amazonas (Idam).

O titular da Sepror, Petrucio Magalhães Junior, afirmou que a Adaf realiza todo o acompanhamento na produção de ovos no Amazonas.

“A classificação e a inspeção dos ovos são feitas pela Adaf, que concede o Selo de Inspeção Estadual (SIE), com validade do produto de 20 dias, o que dá ainda mais segurança alimentar ao consumidor do produto regional”, afirma Petrucio.

São produzidas 70 toneladas do chamado ovo líquido

Produtor aposta até em ovo pausterizado 

Na Granja São Pedro, a perspectiva é de aumento da produção de ovos em 40%, em 2019. Uma das maiores do estado, localizada no Km 3 da rodovia federal BR-174, que liga Manaus a Boa Vista, a granja tem produção diária de 720 mil ovos, abastecendo os 62 municípios do Amazonas.

Segundo o diretor da Granja São Pedro, Luiz Mário Peixoto, a propriedade tem fábrica própria de ração, com produção de 4 mil toneladas de ração por mês, sendo 70% para consumo próprio e 30% para comercialização.

“Aqui produzimos até o ovo pasteurizado, também conhecido como o ovo líquido. São produzidas 70 toneladas desde produto por mês”, assinalou Luiz Mário.

O gerente de produção e logística da São Pedro, Alberto Brandão, afirmou que a granja possui um diferencial no mercado consumidor por trabalhar com produtos do Estado. “A principal característica do produto regional é que se trata de um ovo fresco, pois chega à mesa do consumidor em alguns dias”, disse Brandão.

 

Veja Também