Gastronomia

COMPARTILHE

Comida das mil e uma noites é a nossa Dica da Semana

Sarah está ha 36 anos sem nunca mudar o foco dos serviços e do cardápio árabe

Por Evaldo Ferreira @evaldo.am @JCommercio

26 Ago 2019, 15h56

Crédito: Divulgação

36 anos sem nunca mudar o foco dos serviços e do cardápio árabe. Este é o restaurante Sarah, da amazonense, mas filha de mãe libanesa, Sarah Cury. O restaurante é o mais antigo de Manaus com cardápio inteiramente daquela região do Oriente Médio.

“Aprendi essas comidas com minha mãe e desde quando comecei a servi-las no restaurante, fizeram sucesso, por isso o cardápio sempre foi mantido fiel à gastronomia árabe”, explicou Sarah.

É assim que, desde então, desfilam no menu os kibes cru e frito; o tabule; o homus be tahine; o arroz com lentilha; o babaguch; o shibarach; o charuto; a berinjela, o pepino, o maxixe e o pimentão recheados; as esfihas de carne, queijo e frango; a kafta na brasa; a bamie (almôndegas de carne com quiabo ao molho de tomate); e a lubie (almôndegas de carne com vagem ao molho de tomate); a coalhada fresca e seca, além de vários outros pratos, tudo como sempre foi em mais de três décadas no restaurante, há milhares de anos nas arábias.

A decoração do Sarah também remete aos conhecidos domos utilizados em mesquitas, palácios e fortes inspirados em modelos romanos, egípcios, persas e bizantinos.

Um forte atrativo do Sarah e que atrai muitos clientes, além do cardápio, é a dança do ventre, apresentada às quintas-feiras e sábados pelas dançarinas Milena e Hana. Apesar de sensual, a dança do ventre é mais ritualística. É a primeira dança feminina de que se tem registro. Os movimentos de contração, ondulação e vibração foram desenvolvidos pelas mulheres e para as mulheres em função de aliviar dores menstruais e preparar os músculos para a sustentação da gestação e o trabalho de parto, também como um culto à Grande Deusa (natureza) em prol da fertilidade, do ventre e da terra.

Há menos de dois anos o restaurante Sarah mudou para um novo espaço, em Adrianópolis, bem mais amplo e com maior área para estacionamento. Abre de segunda-feira a sábado, para almoço e jantar. Aos domingos atende somente delivery pelo iFood.

“Temos dois ambientes, o interno com 50 lugares sentados e ar refrigerado, e o externo, com 30 lugares sentados. Disponibilizamos wi-fi”, disse.

E quem pensa que o ambiente do Sarah é somente o do mundo das arábias, se engana. Aos sábados o DJ João Cury, irmão de Sarah, e que ficou conhecido na era disco (1975/1980) com um programa de rádio, apresenta o ‘Embalos de sábado à noite’, com uma seleção de músicas daquela época. Nas noites de sexta, a seleção musical faz uma mistura de ritmos.

Serviço

O quê: Restaurante Sarah cozinha árabe

Onde: Av. São Luiz, 386 – Adrianópolis             

Funcionamento: De segunda a sábado, para almoço e jantar. Aos domingos atende somente delivery    

Informações: 9 8196-5654 / 9 9238-2444 / 9 8173-8848 (Wapp)