Gestão

COMPARTILHE

Carlos Almeida reúne equipe na Prodam para tratar modernização do governo

Por Redação

21 Jan 2019, 00h31

Crédito: Divulgação

O vice-governador, Carlos Almeida, participou de reunião com o presidente da Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam), João Guilherme de Moraes e Silva, sobre o projeto de modernização do governo. O encontro ocorreu na tarde do sábado (18/01) na sede da empresa.

Na ocasião, o diretor presidente da Prodam apresentou iniciativas da empresa como a elaboração do Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação (Peti) e soluções para possibilitar a digitalização dos processos governamentais como o Sistema Eletrônico de Informação (SEI).

Para o vice-governador, a Prodam é estratégica para o governo. “Conhecer todas essas ações que estão planejadas pela Prodam é importante porque acreditamos que investimento em tecnologia se reverte em maior controle, economia e eficiência na gestão pública”, disse.

O diretor presidente da Prodam reforçou a estratégia da empresa para os próximos quatro anos. “Estamos focados no desenvolvimento de projetos de Governo Digital e Cidadão Digital. A tecnologia será utilizada para tornar os processos mais eficientes, reduzir gastos, e aproximar cada vez mais a população dos serviços públicos”, afirmou.

Saúde – Ainda na reunião, o vice-governador, que também é secretário de saúde do estado, conheceu o Sistema de Gestão Integrado de Saúde, proposta da Prodam para possibilitar o compartilhamento das informações de gestão na saúde e garantir maior controle e eficiência dos processos de compra e distribuição de medicamentos e outros produtos, além de otimizar o atendimento ao público.

Sobre a Prodam - A Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam) é uma sociedade de economia mista, cujo maior acionista é o Governo do Estado do Amazonas. Seus técnicos desenvolvem soluções que impactam o dia a dia do amazonense como os sistemas de educação pública e trânsito. Além disso, a Prodam desenvolve soluções que melhoram a gestão governamental como os sistemas de patrimônio, almoxarifado e protocolo eletrônico.

Vice-governador reúne com presidente da Prodam e discute primeiras tratativas para modernização do governo

 

O vice-governador, Carlos Almeida, participou de reunião com o presidente da Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam), João Guilherme de Moraes e Silva, sobre o projeto de modernização do governo. O encontro ocorreu na tarde deste sábado (18/01) na sede da empresa.

 

Na ocasião, o diretor presidente da Prodam apresentou iniciativas da empresa como a elaboração do Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação (Peti) e soluções para possibilitar a digitalização dos processos governamentais como o Sistema Eletrônico de Informação (SEI).

 

Para o vice-governador, a Prodam é estratégica para o governo. “Conhecer todas essas ações que estão planejadas pela Prodam é importante porque acreditamos que investimento em tecnologia se reverte em maior controle, economia e eficiência na gestão pública”, disse.

 

O diretor presidente da Prodam reforçou a estratégia da empresa para os próximos quatro anos. “Estamos focados no desenvolvimento de projetos de Governo Digital e Cidadão Digital. A tecnologia será utilizada para tornar os processos mais eficientes, reduzir gastos, e aproximar cada vez mais a população dos serviços públicos”, afirmou.

 

Saúde – Ainda na reunião, o vice-governador, que também é secretário de saúde do estado, conheceu o Sistema de Gestão Integrado de Saúde, proposta da Prodam para possibilitar o compartilhamento das informações de gestão na saúde e garantir maior controle e eficiência dos processos de compra e distribuição de medicamentos e outros produtos, além de otimizar o atendimento ao público.

 

Sobre a Prodam - A Processamento de Dados Amazonas S.A (Prodam) é uma sociedade de economia mista, cujo maior acionista é o Governo do Estado do Amazonas. Seus técnicos desenvolvem soluções que impactam o dia a dia do amazonense como os sistemas de educação pública e trânsito. Além disso, a Prodam desenvolve soluções que melhoram a gestão governamental como os sistemas de patrimônio, almoxarifado e protocolo eletrônico.