Opinião

COMPARTILHE

Características comuns a líderes bem-sucedidos

Bons líderes transmitem com entusiasmo seus posicionamentos

Por Paula Pedrosa

12 Mai 2019, 18h24

Crédito: Divulgação

Podemos observar que diversos líderes famosos e bem-sucedidos têm pontos em comum, uns mais, outros um pouco menos, mas estes sempre estão presentes na personalidade desses grandes homens (lêem-se homens e mulheres). Vamos relatar hoje alguns desses pontos.

Educação abrangente

Um líder sempre tem educação, seja ela formal ou informal, acima da média dos liderados. Ele sabe mais que os outros, ou pelo menos parece saber. Ele está sempre antenado nas atualidades e sobre tudo o que você quiser conversar, ele saberá levar a conversa adiante. Líderes têm a capacidade de dosar demonstrações de cultura de modo a parecerem cultos e bem informados sem serem pedantes.

Entusiasmo ilimitado

O entusiasmo contagia as pessoas. Bons líderes sabem disso e transmitem com entusiasmo seus posicionamentos, idéias e conceitos. Eles sempre agem com entusiasmo.

Nenhum receio de assumir riscos

Coragem de tomar decisões, de assumir posições e defender idéias. A delegação de responsabilidades a outros faz parte também desse rol. Sempre que delegamos, assumimos uma dose calculada de risco. Bons líderes reconhecem as linhas de limite, que usualmente estão muito mais longe do que a maioria das pessoas consegue ver, e as usam para balizar suas decisões.

Prontidão

A disponibilidade para seu pessoal e para as situações. Portas abertas, acessibilidade, estar na vanguarda da equipe. Atenção: isso não significa pensar pelos outros. Um dos problemas que muitas chefias se queixam é que seus funcionários lhes consultam excessivamente por assuntos que eles próprios poderiam resolver, até porque sabem as respostas, mas vêm ao chefe “pedir a bênção” assim mesmo, seja por insegurança, preguiça mental ou qualquer outro motivo irrelevante. Você precisa estar disponível, mas para estimular seu pessoal a pensar, a raciocinar, a criar, a andar com suas próprias pernas.

Visão

Ter uma perspectiva clara do futuro, visão para frente, imaginação e intuição são aspectos importantes em um líder. Evidentemente isso também quer dizer a capacidade de partilhar, de vender essa visão para todos à volta, de um modo claro e transparente. Pontilhar ações com essa visão de modo a credibilizá-la junto à equipe é um dos fatores que pesam no exercício da liderança.

Comprometimento com a excelência

Fazer o melhor, ser o melhor entre os melhores, ter orgulho disso e passar esse orgulho para o time. Não há muito o que acrescentar aí. Todos gostam de vencer, fazer parte do grupo referência. Para isso, o cultivo de uma cultura voltada à qualidade total é fundamental e isso precisa cobrir todos os ângulos, desde a vida profissional até a vida social e privada.

Curiosidade ilimitada

Líderes são curiosos sobre as pessoas, as situações, o inusitado, sobre formas diferentes e novas de se fazer as coisas. O exercício contínuo da busca, da curiosidade de saber o porquê das coisas, o exercício do “e se...” e certamente a demonstração de bom humor nessas situações.

Profunda crença nas pessoas e no time

A formação das pessoas, a delegação e a capacidade de fazer as pessoas acreditarem em si mesmas é uma característica dos grandes líderes. Não falamos aqui de simplesmente repetir frases, mas de interiorizar seu conceito e usá-lo no trato com as pessoas. Na maioria dos casos as pessoas podem realizar muito mais do que lhes é permitido. O líder que reconhece e libera esse recurso faz aflorar a criatividade das pessoas e elas são gratas por isso. Seu reconhecimento se transforma em desempenho, e por aí vai.

Lembre-se: mesmo que você ainda não seja um líder, é demonstrando que você tem capacidade para tal, que você será um.

Boa semana!

Fiquem com Deus!

Veja Também

Artigo

Arquitetura, cidade e poder

12 May 2019, 18h27