COMPARTILHE

Barco leva educação aos jovens

Na última formatura da unidade móvel fluvial, realizada no último dia 18 no Ginásio Poliesportivo Dom Jorge, em Itapiranga, a 233 quilômetros de Manaus por via fluvial

Por Redação JC

20 Dez 2007

 

Em 2007, o Senai Amazonas (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), por meio do barco escola Samaúma, qualificou 2.570 moradores nos municípios de Manaquiri, Novo Aripuanã, Novo Airão, São Sebastião do Uatumã e Itapiranga.

Na última formatura da unidade móvel fluvial, realizada no último dia 18 no Ginásio Poliesportivo Dom Jorge, em Itapiranga, a 233 quilômetros de Manaus por via fluvial, 649 jovens receberam certificados de conclusão dos 19 cursos ministrados dentro e fora da embarcação.

O prefeito do município de Itapiranga, José Nilvater Correa Lima, disse que ter o Samaúma na cidade representou o desenvolvimento pessoal dos itapiranguenses. “Pela segunda vez, em dois mandatos, solicito a vinda do barco do Senai ao nosso município com objetivo de trazer capacitação, qualificação e aperfeiçoamento em serviços que já fazemos e desejamos aprimorá-los”, informou.

A secretária da Defensoria Pública do município, Ivandete Ferreira Moreira, se inscreveu no curso de Informática Básica com o propósito de melhorar o trabalho que desenvolve como funcionária municipal. “Tive a oportunidade de aprender a utilizar o computador. Com essa ferramenta vou ser mais produtiva no que faço”, destacou.

O coordenador de Responsabilidade Social da UN-Bsol/Petrobras (Unidade de Negócios Bacia do Solimões), Jair Gomes da Silva, exaltou a qualidade de ensino e da infra-estrutura do barco no trabalho de disseminar a educação profissionalizante, pré-requisito fundamental para firmar pelo quinto ano a parceria com Senai em 2007.
Este ano a Petrobras apoiou o projeto Samaúma com valor de R$ 188 mil e em 2008 a quantia deverá atingir R$ 200 mil de recursos aplicados no combustível, kit´s didáticos para os alunos e parte da manutenção do barco.

“Confiamos na seriedade dos serviços realizados pelo Senai e na qualidade de ensino profissional que o Samaúma leva pelos municípios da região Norte. Na missão da Petrobras incluímos os princípios de responsabilidade social, que consideram o trabalho da educação o caminho para a sustentabilidade econômica no interior dos Estados brasileiros e o Senai é uma excelência nesta modalidade de educar”, reconhece Jair.

O Senai conta ainda com as parcerias das prefeituras municipais, Sebrae e da Afeam (Agência de Fomento do Estado do Amazonas) que completam o tripé do aprendizado do Samaúma: qualificação técnica, noções básicas de gestão empresarial, orientação e liberação de crédito para iniciar micros negócios nas cidades distantes do centro comercial e econômico da capital.

Veja Também