Opinião

COMPARTILHE

Bancada se articula bem

Por Redação

15 Mar 2019, 10h12

Crédito: Divulgação

A bancada federal do Amazonas entendeu bem o recado dado pelas urnas no ano passado e se articulou como nunca, para ocupar espaços importantes no Congresso Nacional. Três deputados e um senador presidem comissões permanentes importantes. Omar Aziz (PSD) comanda a Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, tendo como vice o colega Plínio Valério (PSDB). Silas Câmara (PRB) comanda a Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados. Já Átila Lina (PP) assumiu a presidência da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e Amazônia. E o novato Bosco Saraiva (SD) ficou com a direção da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, por onde passarão necessariamente os projetos que interessam à Zona Franca de Manaus. Além deles, o senador Eduardo Braga (MDB) e o deputado Marcelo Ramos (PR) integrarão, como titulares, as duas principais Comissões de ambas as casas, de Constituição e Justiça. O deputado Capitão Alberto Neto (PRB) também será titular de uma Comissão importante, a de Segurança Pública. Agora é trabalhar para fazer valer os interesses do Amazonas.

LICITAÇÕES

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino vai encaminhar, até o mês de abril, cerca de 13 processos licitatórios para a Comissão Geral de Licitação, de acordo com o secretário da pasta, Luiz Castro, que esteve ontem em reunião com a Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Amazonas. Durante o encontro, Castro ressaltou que as contratações emergenciais na sua gestão foram necessárias para garantir que não fossem feitos pagamentos sem cobertura contratual.

DATA BASE

O pagamento de data-base dos servidores da Educação e a revisão do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração  da categoria foram temas da reunião entre representantes da Secretaria de Estado de Educação e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Amazonas ontem, na sede da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino.

TALVEZ UM DIA

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), afirmou ontem que não vai mais cobrar a taxa de resíduos sólidos, que ficou conhecida como “Taxa do Lixo”. Pelo menos por enquanto. Ele disse que encontrou problemas técnicas que impedem a cobrança neste momento, mas ressaltou que “talvez num belo dia” o novo imposto seja implementado.

NOVO TEMPO

Ao menos 300 ouvidores, controladores e servidores ligados a esses dois setores participam hoje, no auditório do Tribunal de Contas do Estado, do 1º Encontro Técnico das Controladorias e Ouvidorias do Amazonas. O encontro marca uma nova fase de integração entre as controladorias e ouvidorias do Estado, setores estratégicos dentro da administração pública.

REPETINDO

Depois da tragédia que ocorreu em Suzano, na Grande São Paulo, um estudante do Instituto de Educação do Amazonas, que é problemático e está suspenso por mau comportamento, decidiu postar uma foto em rede social com o rosto parcialmente coberto por uma máscara, ameaçando ir hoje à escola vestido desse jeito e insinuando que repetiria o massacre. O clima ficou tenso e vários estudantes deixaram o estabelecimento.

AFTOSA

A Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas, órgão vinculado à Secretaria de Produção Rural, lança hoje a campanha de vacinação “Amazonas sem febre aftosa”, que inicialmente alcançará o rebanho de bovinos e búfalos de 41 municípios da calha do rio Amazonas. O lançamento será em Autazes (a 113 quilômetros de Manaus), com a presença do governador do Amazonas, Wilson Lima.

AMEAÇA

O presidente da Junta Comercial do Estado do Amazonas, Ênio Ferrarini, participou de reunião, em Brasília, com o senador Renan Calheiros (MDB/AL), autor do Projeto de Lei (PL) n°487/2013, que trata da reforma do Código Comercial brasileiro. O texto do PL que disciplina a organização e a exploração de empresas nas áreas de direito societário, contratual, cambial e comercial marítimo afronta as competências estabelecidas das Juntas Comerciais e as esvazia, cedendo à iniciativa privada suas atribuições..

PESSOA JURÍDICA

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas já está atendendo com hora marcada as pessoas jurídicas. O Amazonas possui mais de 109 mil veículos cadastrados nesta categoria. A implantação do serviço faz parte da política de modernização do serviço público no Estado.

FRASES

A Igreja reconhece que precisamos dar as mãos para que as vidas sejam respeitadas e realizarmos o sonho de todos nós, uma vida mais justa e de paz”, Frei Paulo Xavier, pároco da Igreja de São Sebastião, sobre a Campanha da Fraternidade

 “Isso fará com que as pessoas que têm o nome limpo tenham crédito mais fácil. Vivemos num país que precisa alavancar a economia e se temos esse mecanismo à disposição, certamente nós vamos avançar também na geração de emprego e renda”, Adjuto Afonso (PDT), deputado estadual, sobre a implantação do cadastro positivo

Veja Também