Opinião

COMPARTILHE

Afinal, o que Paulo Guedes pensa?

03 Mai 2019, 10h35

Crédito: Divulgação

Uma semana depois de receber boa parte da bancada do Amazonas para dizer que não tinha a intenção de atingir a Zona Franca de Manaus, depois de uma entrevista bombástica à Globo News, em que fez duras afirmações sobre o modelo, o ministro da Economia voltou a atacar as vantagens comparativas, em nova entrevista na qual condenou com veemência a decisão do Supremo Tribunal Federal, que reconheceu o direito das empresas que compram das indústrias instaladas no Amazonas, de pedir o creditamento do Imposto sobre Produtos Industrializados. Na avaliação dele, foi um exagero e um excesso de benefícios para a indústria amazonense. Com isso, políticos, empresários e economistas locais voltaram a colocar uma pulga atrás da orelha nas relações com a autoridade federal. Alguns expressaram nova decepção, como foi o caso do senador Eduardo Braga (MDB). Outros foram além, como o deputado Serafim Corrêa (PSB), que se disse “assustado com a hipocrisia de Paulo Guedes. Há uma grande interrogação sobre as verdadeiras intenções do ministro.

CHEIA

O governador Wilson Lima (PSC) entregou, em Manicoré, kits de ajuda humanitária para as famílias atingidas pela cheia do rio Madeira. O município é um dos 12 que já decretaram situação de emergência por causa da cheias dos rios no Amazonas. Segundo a Defesa Civil, 17.787 pessoas estão afetadas pela cheia do rio Madeira, totalizando 4.447 famílias, sendo que 20 estão desabrigadas e 680 desalojadas.

JOGO ECOLÓGICO

O público que for prestigiar a partida entre Vasco x Corinthians receberá sacolas de lixo ecológicas para descartar corretamente os resíduos produzidos durante a disputa. A iniciativa inédita e sustentável foi anunciada pela Prefeitura de Manaus. O jogo marcado para sábado, 4/5, às 18h, na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro – o Brasileirão, contará com a estrutura para realização de grandes eventos do município.

VAI AMPLIAR         

A Defensoria Pública do Estado do Amazonas inaugura no dia 6 de maio um novo prédio com ampla estrutura para o atendimento da população que precisa de assistência jurídica na área de Família, em Manaus. O imóvel, localizado na avenida André Araújo, bairro Aleixo, fica próximo ao Fórum Henoch Reis, onde funcionava a antiga loja de móveis planejados Bom Tempo. A solenidade de inauguração será realizada às 10h.

DENGUE

A Prefeitura de Manaus está reforçando as orientações para a população sobre a importância da eliminação de depósitos de água encontrados dentro de residências, o que inclui vasos, pratos de planta, bebedouros e outros frascos de água, e que favorecem a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya

ESCLARECIMENTOS

Os deputados Dermilson Chagas (PP) e Wilker Barreto (PHS) protocolaram um requerimento solicitando a convocação do secretário  de Educação do Estado, Luiz Castro, para ir ao plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas prestar esclarecimentos sobre dois pontos principais: a utilização do Fundo Nacional da Educação Básica e a greve dos professores.

DEBATE TÉCNICO

Já o deputado Ricardo Nicolau (PSD) afirmou que o governo do Estado precisa estabelecer um debate ‘claro e técnico’ sobre o reajuste salarial que motivou o estado de greve dos professores da rede pública. A cobrança foi feita pelo parlamentar em apoio às reivindicações dos trabalhadores da Educação que estiveram ontem no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas.

VACINAÇÃO

Pecuaristas de 21 municípios do Amazonas deverão vacinar o rebanho contra a febre aftosa a partir de hoje. A campanha “Amazonas Sem Febre Aftosa” faz parte das ações de Defesa Sanitária Animal para promover a erradicação da doença em todo o estado, de acordo com as diretrizes do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

ECONOMIA

A Prefeitura de Manaus economizou em 2018 aproximadamente R$ 1,4 milhão nas contas da rede municipal de educação, sendo R$ 784.001,97 em água e R$ 619.117,14 em energia. Os valores foram comparados aos anos de 2015, 2016 e 2017. Por esse motivo, o Plano de Combate ao Desperdício da Secretaria Municipal de Educação premiou ontem 32 unidades que cumpriram a meta de redução.

FRASES

“Como é possível fazer o ‘Mais Brasil, menos Brasília’ se o titular da Economia dá seguidas demonstrações de que pouco entende de Brasil, de Amazônia e de desenvolvimento regional?" Eduardo Braga (MDB), senador

“O povo é sempre bom em qualquer lugar do mundo. Os governos é que são terríveis.” Beth Carvalho, cantora e compositora carioca morta ontem, aos 72 anos

Veja Também

Frente & Perfil

O fator Josué Neto em 2020

03 May 2019, 10h40
Artigo

Obrigado Paulo Guedes

28 Apr 2019, 10h39