Opinião

COMPARTILHE

Aeroporto tem boa avaliação

Por Redação

14 Fev 2019, 09h17

Crédito: Divulgação

O aeroporto internacional Eduardo Gomes foi eleito o melhor terminal aeroportuário de 2018 na categoria de até cinco milhões de passageiros processados por ano. É o que aponta a pesquisa Aeroportos + Brasil 2019, divulgada ontem, em Brasília (DF), pelo Ministério da Infraestrutura. O terminal amazonense teve destaque ainda nas categorias “Controle Migratório Mais Eficiente” e “Controle Aduaneiro Mais Eficiente”. Numa escala onde a nota máxima é 5, ficou à frente dos outros sete aeroportos, com 4,48, evolução de 2,7% em relação à sondagem anterior. A premiação, realizada com base na consolidação das quatro rodadas trimestrais da pesquisa de satisfação dos passageiros, também reflete os bons indicadores obtidos pelo aeroporto manauara durante os quatro últimos meses do ano passado. Na ocasião, o Eduardo Gomes apareceu com nota 4,53, sendo que a média dos aeroportos inseridos na categoria foi de 4,34 pontos. Dos 38 indicadores da pesquisa, que avalia a experiência do passageiro em diversos itens, o amazonense apareceu com notas acima da média da categoria em 22, com destaque, entre outros, para o tempo de fila na inspeção de segurança (4,71), a disponibilidade de assentos na sala de embarque (4,59), a limpeza geral (4,64), o conforto térmico (4,34) e o tempo de fila no check-in (4,72).

JUSTIÇA

Ainda falando de aeroporto, a Justiça Federal determinou a extinção da taxa cobrada por taxistas especificamente para corridas ao Eduardo Gomes e ao Tropical Hotel Manaus. A medida foi muito bem recebida pelos usuários do serviço. A partir de agora vale o que o taxímetro disser.  Antes era preciso desembolsar no mínimo R$ 70.

PREOCUPAÇÃO

O debate sobre a reforma tributária, esperado após a reforma previdenciária anunciada pelo governo federal, preocupa o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto que, em mais um artigo publicado na sua página do Facebook, ontem, volta a defender os interesses da Zona Franca de Manaus. Ele teme que certas medidas atinjam em cheio o Polo Industrial de Manaus.

CRÉDITO

A Agência de Fomento do Estado Amazonas está com atendimento aberto para os programas Afeam Mix e Afeam Middle, voltados para empresas de pequeno e médio porte com mais de cinco anos de mercado. Estas linhas de crédito possuem limites diferenciados a partir de R$ 50 mil e valor máximo de acordo com análise de crédito.

REFORÇO

Faltando um mês para o término da anistia fiscal, a campanha promovida pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Fazenda, recebeu apoio da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas, da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus, do Sindicato dos Fazendários do Amazonas, da Junta Comercial do Amazonas, da Federação do Comércio do Estado do Amazonas e do Conselho Regional de Contabilidade, que vão ajudar na divulgação na capital e no interior.

CERTIFICAÇÃO

A Fundação de Medicina Tropical do Estado recebeu do Ministério da Saúde a revalidação do certificado com nota de excelência como laboratório de referência para os exames de alta complexidade de diagnóstico e acompanhamento terapêutico dos pacientes portadores do vírus do HIV/AIDS e hepatites virais no Estado do Amazonas. Isso porque atendeu algumas exigências,  como estrutura física nos padrões dos exames de biologia molecular, de pessoal e qualificação.

PESCA

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente definiu regras para pesca no Lago do Castanho e Paraná do Anamã, em Manacapuru (distante 68 quilômetros de Manaus). O acordo beneficiará moradores de seis comunidades e pescadores de municípios vizinhos, contribuindo também para a conservação dos estoques pesqueiros dos rios da região.

FREE SHOPS

Os deputados Adjuto Afonso (PDT) e Belarmino Lins (PP) sugeriram, através de requerimento, que a primeira sessão itinerante da Assembleia Legislativa este ano seja realizada em Tabatinga (a 1.108 km de Manaus em linha reta), por conta da Lei dos Free Shops, que beneficia o município e foi sancionada recentemente no Amazonas. Seria uma oportunidade de dar visibilidade ao tema e atrair investimentos.

PERFIL GENÉTICO

Com 1.179 mil amostras, o Banco de Perfis Genéticos do Estado do Amazonas, que funciona no Instituto de Criminalística do Amazonas, está se preparando para retomar a coleta de material genético de presos condenados por estupro, roubo, homicídio, latrocínio e outros crimes hediondos. O tema foi debatido essa semana com a Vara de Execuções Penais e a Secretaria de Administração Penitenciária. Até o momento, o banco já coletou amostras para composição de perfis genéticos de condenados do antigo regime semiaberto e do fechado do Complexo Penitenciário Anísio Jobim.

FRASES

Precisamos integrar os Estados ao SUS”, Luiz Herinque Mandetta, ministro da Saúde, em reunião com secretários estaduais ontem

Não vai ter rolo compressor”, Joana D´Arc (PR), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa,  garantindo que os projetos enviados pelo Governo serão discutidos democraticamente

Veja Também