Opinião

COMPARTILHE

Advogada do caso Flávio desabafa

Por Redação

09 Out 2019, 07h44

Crédito: Divulgação

A advogada Catharina Estrela, que assessora o sargento PM Eliseu da Paz de Souza, um dos envolvidos no crime que redundou na morte do engenheiro Flávio Rodrigues, afirmou hoje que está tendo dificuldades de acesso ao inquérito policial e criticou tanto o vazamento de informações quanto o trabalho de parte da imprensa que, segundo ela, tem exagerado no assédio à atuação da Polícia Civil, visando induzir a opinião pública a ver o caso com questões políticas e com o objetivo de interferir no resultado final da investigação. Catharina é responsável pela defesa do sargento da Polícia Militar Eliseu da Paz de Souza e lamentou que parte da imprensa busque transformar o caso em um fato político, uma vez que Alejandro Molina, um dos envolvidos, é enteado do prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB). Ela enfatizou que a investigação deve prosseguir sustentada nos fatos que realmente constam no processo e defendeu que a mídia exagerada em cima do caso pode criar um processo indutivo que venha atrapalhar o trabalho da polícia de alguma forma. “Eu realmente vou falar sobre o ocorrido no caso somente ao final das investigações, baseada no que está no processo. Não dá para ficar trazendo coisas de fora, senão a investigação nunca terminaria”, disse Catharina, alegando que os veículos publicam uma “série de informações desencontradas”.

NOVO CHEFE

A partir deste mês, o Ministério Público Federal no Amazonas está sob nova gestão administrativa. O procurador da República Thiago Pinheiro Corrêa foi nomeado para o cargo de procurador-chefe da unidade, em substituição ao procurador da República Edmilson da Costa Barreiros Júnior, que completou dois biênios à frente da chefia. O novo procurador-chefe terá como substituta a procuradora da República Michèle Diz Y Gil Corbi.

DESTRAVANDO

O governador Wilson Lima (PSC) destacou, ontem, ações do Governo para a área de saneamento básico nos primeiros nove meses de 2019, durante a abertura do “1º Seminário sobre Saneamento Ambiental no Amazonas”, no Centro de Convenções Vasco Vasques, zona centro-sul da capital. Entre os avanços, ele ressaltou o trabalho do Estado para destravar R$ 182 milhões, em recursos da Fundação Nacional de Saúde, destinados a obras de saneamento no interior do estado. 

BERLINDA

Na pauta ordinária do Tribunal de Contas do Estado para a sessão de hoje constam 24 prestações de contas. Entre elas estão as contas dos recursos supervisionados pela Secretaria de Municipal de Finanças, Tecnologia da Informação e Controle Interno de 2017, na gestão de Ulisses Tapajós Neto; da Ouvidoria Geral do Estado, de 2017; da Prefeitura de Itacoatiara, de 2012, na gestão de Antônio Peixoto (PT); além das contas da Prefeitura de Nhamundá, do ex-prefeito Mário José Chagas Paulain (MDB), de 2012.

SARAMPO

Seguindo o cronograma do Ministério da Saúde, o Amazonas iniciou ontem a intensificação da vacina tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) para crianças de seis meses a menores de 5 anos de idade nas unidades básicas de saúde da capital e do interior, de responsabilidade das prefeituras.

INTERNACIONAL

Dois projetos de iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde podem se transformar em modelos internacionais de estratégias em saúde pública. Os sistemas foram apresentados ontem na 2ª Pré-Conferência HSR da América Latina e do Caribe, em São Paulo. Caso sejam aprovadas nesta etapa, o Sistema de Transferências de Emergências Reguladas e o projeto de Integração da Atenção Básica e Vigilância em Saúde vão participar do VI Simpósio Global de Pesquisa em Serviços de Saúde, do Health Systems Global, em Dubai, no próximo ano.

“NOVO” HINO

Criada em 1906 e oficializada como hino de Manaus há 16 anos, a composição de Nicolino Milano e Thaumaturgo Sotero Vaz foi atualizada e regravada como parte das ações programadas pela Prefeitura de Manaus em homenagem aos 350 anos da cidade. O instrumental da canção foi repaginado e, agora, conta com participação da orquestra Amazonas Filarmônica e do Coral do Amazonas em gravação feita no Teatro Amazonas e que será apresentada para a população no próximo dia 24 de outubro – aniversário de Manaus.

CIÊNCIA

O Programa de Pós-Graduação em Educação em Ensino de Ciências da Universidade do Estado do Amazonas realizará, de quarta (9) a sexta-feira (11), na Escola Normal Superior, o XI Simpósio de Educação em Ciências na Amazônia (Secam), com o tema “Políticas Públicas para a Democratização da Ciência em debate”. O evento tem como público-alvo docentes pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação, professores da Educação Básica, profissionais ligados à divulgação científica e cidadãos interessados em discutir a Educação e o Ensino de Ciências.

PORPETA DE PIRARUCU

A manipuladora de alimentos Carlem Maressa dos Santos Leal, da Escola Estadual Homero de Miranda Leão, foi a grande vencedora da segunda edição do concurso “Melhores receitas regionais da alimentação escolar”. O resultado saiu neste domingo (6), durante a 41ª Exposição Agropecuária do Amazonas. A merendeira esteve na final com outros seis colegas de profissão com a sua porpeta de pirarucu, receita escolhida pelos jurados como a melhor da disputa. A campeã foi premiada com uma viagem para qualquer lugar do Brasil, onde poderá participar de um curso de capacitação escolhido.

FRASES

“Deixem a Polícia trabalhar. Parem de ficar acusando sem provas.” Marcel Alexandre (Podemos), líder do prefeito na Câmara Municipal de Manaus, sobre o “Caso Flavio”

“O Alejandro é o maior interessado na solução deste caso." Marco Aurélio Choy, advogado de Alejandro Valeiko Molina, enteado do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, também sobre o “Caso Flavio”

Veja Também

Frente & Perfil

Menezes faz articulação em Brasília

09 Oct 2019, 08h07
Frente & Perfil

Wilson controla a Assembleia

09 Oct 2019, 07h39